sexta-feira, 13 de julho de 2018

Cartas de amor, quem...

"Um dia seremos capazes de perceber como é que uma coisa finita encerra coisas infinitas e como é que, por exemplo, um coração tão dedicado como o meu, tão pequeno, tão cheio de artérias e sofrimento, pode conter coisas tão compridas como o amor."

A boneca de kokoschka, Afonso Cruz

Sem comentários:

Enviar um comentário