quinta-feira, 19 de julho de 2018

Em portugal é ao contrário

"Centenas de experiências mostram que encontros com pessoas mal-educadas, insultuosas e humilhantes enfraquecem o desempenho dos outros incluindo a sua capacidade de tomar decisões, a sua produtividade, criatividade e disponibilidade para trabalharem um pouco mais e ficarem até mais tarde para terminar um projeto e para ajudar colegas de trabalho que necessitam dos seus conselhos, ajuda ou apoio emocional."

Como sobreviver a um filho da p*ta, Robert Sutton 

Infelizmente, a boa educação e a urbanidade vão a um qualquer serviço público português (Finanças, Câmaras Municipais, Escolas, Hospitais, Forças de Segurança, Tribunais, Segurança Socia, ...) resolver problemas 1, 2, 3, 4 vezes e: nada resolvem.

A má educação e a brutalidade vão lá só 1 vez e: resolvem tudo.

O autor tem de visitar o nosso país e vivenciar as famosas "Conquistas de Abril".

Sem comentários:

Enviar um comentário