sexta-feira, 3 de novembro de 2017

44.2 - Para nunca mais esquecer

É impossível negar que há indícios. Há factos indesmentível pelos arguidos: factos, conversas que indicam coisas graves. Isso faz com que várias pessoas que faziam parte do círculo pessoal e político se sintam numa posição frágil. Com razão. Algumas dessas pessoas admitiram a culpa como Clara Ferreira Alves - admirei a sua posição que foi dizer: enganei-me. O argumento do tempo... são 31 crimes, 500 contas bancárias. 
Ainda há pessoas que se ficam no acessório em vez do essencial: hei.... tantos erros de pontuação nestas 4000 folhas que descrevem 31 crimes GROTESCOS... 
Muito gente foi enganada, muita gente se deixou enganar por deslumbramento, pelo poder, pelo dinheiro, muita gente fez de idiota útil. Neste momento há um clima de triunfo que não é justificável, este caso, seja qual for o desfecho, derrotados somos todos. 

Ricardo Araújo Pereira, Governo Sombra (adap.)

Sem comentários:

Enviar um comentário