quarta-feira, 18 de outubro de 2017

O menino que sonhava com ventoinhas fez tudo sozinho?

"O facto é tanto mais notável quanto os amigos de José Sócrates eram imensos. Alguns, fiéis à força, continuam a fazer-lhe companhia nas quatro mil páginas do processo. A maioria passeia-se sorridente. Sorridente e amnésica. Se o pacote de acusados constitui uma amostra razoável da oligarquia que regularmente enxovalha o país, convém notar que, por definição, as amostras deixam o resto de fora."

Alberto Gonçalves, Observador

Sem comentários:

Enviar um comentário